Sobre o autor

Me chamo Renato Bavier e venho convivendo com a ansiedade há muitos anos.

Resolvi dividir meu conhecimento com outras pessoas e, com isso, auxiliá-las numa jornada mais tranquila e cheia de conteúdo relevante!

Estamos todos conectados! Precisamos nos IMPORTAR mais.

Grande abraço!

13 alimentos EFETIVOS contra a Ansiedade

13 alimentos EFETIVOS contra a Ansiedade

Ritmo de vida acelerado, excesso de responsabilidades, cidades violentas, caos no trânsito, falta de tempo, são muitos dos fatores que aceleram o processo de aparecimento de diversos males.

Está cada vez mais difícil manter a calma. As pessoas ultimamente tem estado

MUITO ANSIOSAS

A ansiedade provoca uma bagunça nas emoções e de quebra ainda reflete na saúde.

Quando em excesso, ela desencadeia a sensação de mal estar e nos impede de viver a vida com mais leveza, sem tanta angústia em relação ao que ainda está por vir.

Sabemos que existem tratamentos e diversas terapias para controlar a ansiedade, mas a alimentação também pode ajudar a domar este furacão interno.

Aminoácidos e Vitaminas

Alguns alimentos contêm aminoácidos e vitaminas essenciais, que melhoram a tranquilidade e a disposição e atuam diretamente diminuindo o estresse, combatendo a ansiedade e aumentando os níveis de serotonina, responsável pelo bem estar e pelo relaxamento.

Venho pesquisando há anos sobre esses alimentos e após consultas com alguns nutricionistas reuni uma lista de alimentos EFETIVOS no controle da ANSIEDADE.

ALIMENTOS:

<img alt="frutas cítricas"

Frutas cítricas: Estudos comprovaram que a vitamina C, presente nas frutas cítricas, diminui a secreção de CORTISOL. Trata-se de um hormônio liberado pela GLÂNDULA ADRENAL ou GLÂNDULA SUPRARRENAL em resposta ao estresse e à ansiedade e responsável por transmitir a notícia de estresse para todas as partes do corpo.

Seu consumo promove o bom funcionamento do sistema nervoso e aumenta a sensação de bem estar.

Vitaminas e minerais, como a vitamina C, por exemplo, são perdidas quando ocorrem quadros de estresse e ansiedade, além de queda de açúcar no sangue.

 

Frutas vermelhas: Alimentos antioxidantes que protegem as células do organismo.

Também reduzem o cortisol, tal como as frutas cítricas.

 

Leite, ovos e derivados magros: Eles são uma ótima fonte de um tipo de aminoácido, o TRIPTÓFANO, que alivia os sintomas de ansiedade.

O triptófano aumenta a produção de serotonina, o hormônio da felicidade, que é um neurotransmissor capaz de relaxar e dar sensação de bem estar.

<img alt="trigo"

Carboidratos: Os carboidratos, provenientes dos cereais na sua forma simples e integrais, e das frutas mais adocicadas, também podem combater a indesejada ansiedade. Esses carboidratos elevam o nível de açúcar no sangue, dando energia, bem estar e disposição.

Pães, arroz, aveia, feijão, massas, batata, mel, jabuticaba, uvas, maçãs fazem parte deste grupo alimentar.

A quantidade recomendada é de 6 a 9 porções diárias.

Banana: Um estudo feito por pesquisadores do Instituto de Pesquisas de Alimentos e Nutrição das Filipinas comprovou que esta fruta ajuda no combate da depressão e alivia os sintomas da ansiedade.

Graças também ao alto teor de triptófano qua a fruta carrega, ajudando na produção de serotonina.

Carnes e peixes: São a melhor fonte natural de triptófano, aminoácido que em conjunto com a vitamina B3 e o magnésio produzem a serotonina.

Além disso, contêm outro aminoácido chamado TAURINA.

Sobre a TAURINA:

Esta substância aumenta a disponibilidade de um neurotransmissor chamado GABA, que o organismo usa para controlar fisiologicamente a ansiedade.

A recomendação diária é de 1 a 2 porções, dando preferência às carnes brancas e magras.

 

Espinafre: O espinafre contém folato (ÁCIDO FÓLICO), que é uma potente vitamina antidepressiva natural e também auxilia no combate à ansiedade.

Oxidantes:

Além disso, segundo um estudo da Universidade da Califórnia, o cérebro consome muita energia para funcionar e isso resulta na sobra de resíduos químicos oxidantes.

É neste momento que alimentos, como o  espinafre, começam a trabalhar para eliminar as substâncias em excesso, “desenferrujando” o cérebro.

Foto de Aspargos

Aspargos: Tal qual o espinafre, também contém ácido fólico.

Foto do chuchu

 

Chuchu: Alimento comprovadamente rico em PROBIÓTICOS que são associados à diminuição da ansiedade.

Acelga: Alimento rico em magnésio, que ajuda na sensação de tranquilidade.

Quem tem deficiência de magnésio na alimentação tem maior propensão à ansiedade.

E mais as delícias:

Chocolate: O chocolate é rico em FLAVONOIDES ou bioflavonoides, um tipo de antioxidante que favorece a produção de serotonina.

Como vimos no início do artigo, é um neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar e que melhora o humor, reduzindo a sensação de ansiedade.

O recomendado são 30 gramas de chocolate por dia.

Preferencialmente o CHOCOLATE AMARGO, já que é bem menos calórico e mais rico em flavonoides.

Castanha de Caju: É um alimento com alta concentração de zinco, indispensável na nossa alimentação.

A deficiência desse mineral em nosso organismo está relacionada com maior probabilidade de casos de depressão e ansiedade.

Seguimos na busca de encontrar alimentos que nos auxiliem nosso equilíbrio e bem estar emocional.

Deixe Seu Comentário